A Unidade Escolar João Soares de Brito, localizada na comunidade Palmeirinha, zona rural de Castelo do Piauí participou da IV Conferência Nacional Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente – CNIJMA como uma das representantes do Piauí com o Projeto “Melhorar a qualidade da energia elétrica na escola e na comunidade”.

A Conferência aconteceu no município de Luziânia-Goiás (próximo a Brasília) nos dias 23 a 28 de novembro de 2013. Os projetos do Piauí foram apresentados no 3º dia do evento (25 de novembro – Segunda-feira). A crimônia oficial de encerramento foi no Teatro Nacional de Brasília dia 27/11, com a entrega do documento “O que podemos fazer juntos que não podemos fazer sozinhos” à Presidenta Dilma.

SAM_0166

Primeiramente aconteceu a Conferência na escola, no qual os alunos com o auxílio dos professores elaboraram projetos com os temas água, terra, fogo e ar. O Projeto foi selecionado para representar Castelo do Piauí na etapa Estadual e posteriormente o Piauí (juntamente com outras três escolas piauienses) na Conferência Nacional.

SAM_0278

A IV Conferência Nacional Infanto Juvenil pelo Meio Ambiente – CNIJMA abordou o tema: Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis. O objetivo foi fortalecer a educação ambiental nos sistemas de ensino, propiciando atitude responsável e comprometida da comunidade escolar com as questões socioambientais locais e globais com ênfase na participação social e nos processos de melhoria da relação ensino-aprendizagem, em uma visão de educação para a diversidade, inclusiva e integral.

Fonte: SEMED / Imagens: Divulgação

20131024_122809

Coordenadora da SEMED Chaguinha Monte com Viviane Senna, Presidente do IAS e Amparo Maia, Secretária Municipal de Educação de Castelo do Piauí

Castelo do Piauí foi convidado por Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna, para apresentar o trabalho realizado pelo município na área de alfabetização no Seminário de Politica Educacional com o tema Governança e Currículo na Educação Pública, realizado nos dias 24 e 25 de Outubro de 2013, no Hotel Holliday In Parque Anhembi em São Paulo. Participaram do evento a Secretária Municipal de Educação de Castelo do Piauí, Amparo Maia e a Coordenadora do Programa Circuito Campeão, Chaguinha Monte. A mesma apresentou os trabalhos realizados na área de alfabetização do município de Castelo do Piauí desde 2006, a partir da implantação do Programa Se Liga pelo Instituto Ayrton Senna, que deu suporte ao Projeto de Alfabetização ‘Aprender a Ler e Se Divertir’, acrescentou ainda que a política pública de alfabetização se estruturou a partir dos seguintes eixos: Formação dos professores alfabetizadores, projetos de parceria com as famílias, parcerias com outras secretarias, investimento na educação infantil e incentivo a leitura.

20131024_085341

Tivemos o resultado de 84% de alfabetização no 2º ano na avaliação da Provinha Brasil e 87% no 3º ano, avaliação feita pelo Instituto Probem / Unicef, sendo o 1º lugar no Estado do Piauí, com este resultado a educação do município ganhou destaque no Jornal Meio Norte em julho de 2013.

20131025_145034

Participaram do evento Viviane Senna que fez a abertura do Seminário e os palestrantes Cesar Callegari, Secretário Municipal da Educação de São Paulo, Francisco Aparecido Cordão, Conselheiro da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação, Luiz Antonio Miguel Ferreira, Promotor de Justiça e Especialista em Direitos Difusos e Coletivos , Mozart Neves Ramos, Assessor do Movimento Todos Pela Educação, Eladio Sebastian Heredero, Doutor em Educação pela Universidade de Alcalá (UAH), na Espanha e Júlio Cesar da Costa Alexandre, Secretário de Educação de Sobral – CE, além de outros palestrantes.

A Coordenadora Chaguinha Monte foi agraciada com uma biografia do Ayrton Senna.

20131025_170955

Matéria: Chaguinha Monte | Fotos: SEMED (Divulgação)

 

Veja mais fotos do evento:

20131024_084432

20131025_171041

20131025_170642

A Prefeitura Municipal de Castelo do Piauí recebeu por meio do PAR – Plano de Ações Articuladas mais um ônibus escolar. O último veículo recebido é do tipo Rural adequado para pistas em condições precárias e tem capacidade para transportar entre 31 e 44 alunos sentados.

Com este já são 02(dois) ônibus e 03(três) micro-ônibus que integram a frota de veículos do transporte escolar municipal, todos com especificações exclusivas, próprias para o transporte de estudantes, e adequados às condições de trafegabilidade das vias das zonas rural e urbana de nosso município. Alguns dos veículos adquiridos foram projetados para operações fora-de-estrada, possuindo, assim, robustez e resistência para atuar em condições mais severas, típicas de vias não pavimentadas.

Foto: Divulgação/FNDE

phoca_thumb_l_onibus-escolar 5

Essas aquisições só foram possíveis graças ao empenho dos técnicos da Secretaria Municipal de Educação que monitoram o PAR do nosso município frequentemente, garantindo que Castelo do Piauí não fique de fora de nenhum convênio ou parceria que estejam disponíveis junto ao FNDE.

“A SEMEC visa à renovação e ampliação da frota de ônibus escolares de nosso município para melhorar o transporte rural nas instituições de ensino e, com isso, evitar que os alunos abandonem os estudos”, afirmou a Secretária Municipal de Educação, Amparo Martins.

O PAR é uma parceria firmada entre a Prefeitura de Castelo e o Ministério da Educação, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Além dos ônibus recebidos, a Prefeitura Municipal de Castelo do Piauí por meio da Secretaria Municipal de Educação obteve outras importantes conquistas como:

>Construção de 02 quadras escolares com vestiário nos Padrões FNDE;

>Cobertura de 01 Quadra Escolar também nos padrões do FNDE;

>06 Computadores Interativos (Lousas Digitais) que serão entregues ainda este semestre.

Fonte: Assessoria de Comunicação SEMEC | Edição: Basílio Soares

O ministro da Educação Aloizio Mercadante homologou hoje o Parecer n° 21 de 2012 do Conselho Nacional de Educação (CNE/MEC). O parecer estabelece que a  Lei Geral da Copa (Lei nº 12.663/2012) não pode se sobrepor sobre à Lei de Diretrizes e Bases – Lei nº 9.394/1996, no que se refere a datas para férias nas escolas públicas ou privadas. De acordo com o parecer, a LDB deve ser seguida, sem prejuízo ao estabelecimento de 800 horas/ aula ano, distribuídas em pelo menos 200 dias letivos. A lei da Copa prevê que as escolas devem estabelecer férias durante todo o período dos jogos.

O Conselho Nacional de Educação argumenta que não há uma lei específica para determinar o período de férias escolares. E usa ainda a LDB para fundamentar a posição. “A LDB não obriga que as escolas guardem qualquer período sem atividades letivas ao final de um semestre. Apenas obriga a que haja, no mínimo, 800 horas anuais de atividades letivas, distribuídas em, no mínimo, 200 dias letivos”.

Segundo o que diz a LDB o calendário escolar deve se adequar à realidade de cada local. Não necessariamente haverá 100 dias letivos no primeiro semestre e 100 no segundo. “A Lei, pelo contrário, estimula que ele seja dinâmico, que observe as peculiaridades locais para sua construção, porque reconhece a grandeza e a diversidade de nosso país, que pode apresentar divergências gritantes de situações que justifiquem a adoção de diferentes calendários (…)”.

Com a homologação por parte do MEC, o parecer do Conselho Nacional de Educação se consolida. Assim, o parecer deve ser seguido, inclusive, no que se refere aos municípios onde haverá jogos. Nestes, o parecer prevê que os responsáveis pela rede decidam se, apenas naquele dia, os alunos não comparecerão à escola. Caso isso seja feito, este dia deve ser reposto, sem prejuízo à grade curricular.

Clique aqui para ler o parecer do Conselho Nacional de Educação – Câmara de Educação Básica. O arquivo diz “aguardando homologação” porque trata-se do texto original publicado em 5 de dezembro de 2012.

Clique aqui para ver o teor da homologação no Diário Oficial da União (DOU).

Autor: Undime | Edição: Basílio Soares

Certificação de 36 municípios pelos avanços alcançados nas áreas da infância e adolescência

Após três anos de intensas atividades em busca da melhoria de indicadores sociais relacionados à infância e à adolescência, a terceira edição nacional da iniciativa Selo UNICEF Município Aprovado chega ao fim, com a certificação de 279 municípios do Semiárido brasileiro.

No Piauí, foram inscritos 167 municípios. Desses, 36 receberam a certificação de Município Aprovado em solenidade realizada no dia 12 de dezembro, às 10h, no Auditório da Federação das Indústrias, em evento do qual participaram o Secretário Estadual de Educação Átila Lira, delegações dos municípios, a equipe do  UNICEF e autoridades locais.

Os municípios que foram certificados alcançaram os resultados mais significativos em indicadores das áreas da saúde, educação e participação social, com a realização de dois fóruns comunitários e  elaboração de um Plano de Ação Municipal com metas a serem executadas tendo em vista a garantia dos direitos de crianças e adolescentes e a execução das atividades previstas.

image

Prefeito Wilmar Cardoso, um dos melhores trabalhos do Piauí.

Vários outros municípios do estado obtiveram excelentes resultados na área da infância e adolescência, porém, de acordo com a metodologia do Selo UNICEF, os ganhadores são os que alcançam ou superam os resultados de um grupo de municípios com características semelhantes. Seis municípios do Piauí ganharam as três edições do Selo UNICEF. São eles: Bela Vista do Piauí, Caldeirão Grande do Piauí, Castelo do Piauí, Ipiranga, Valença do Piauí e Wall Ferraz.

image

 

Os municípios ganhadores da edição 2009-2012 no Piauí

1. Alegrete do Piauí
2. Aroazes
3. Bela Vista do Piauí
4. Belém do Piauí
5. Bocaina
6. Cajazeiras do Piauí
7. Caldeirão Grande do Piauí
8. Campinas do Piauí
9. Campo Grande do Piauí
10. Castelo do Piauí
11. Conceição do Canindé
12. Floresta do Piauí
13. Francisco Santos
14. Inhuma
15. Ipiranga do Piauí
16. Jacobina do Piauí
17. Jaicós
18. Massapê do Piauí
19. Nossa Senhora de Nazaré
20. Paes Landim
21. Paquetá
22. Piripiri
23. Porto
24. Regeneração
25. Santa Cruz dos Milagres
26. Santana do Piauí
27. Santa Rosa do Piauí
28. São Félix do Piauí
29. São João da Varjota
30. São Julião
31. Simões
32. Sussuapara
33. Tanque do Piauí
34. Várzea Branca
35. Vila Nova do Piauí
36. Wall Ferraz

 

Castelo do Piauí será reconhecido pelo Programa Selo UNICEF Município Aprovado por melhorar políticas públicas e qualidade de vida das crianças e adolescentes nas áreas de saúde, educação e assistência social.

image

Raimundinha Melo falou em nome de todas as articuladoras do Piauí

O Programa Selo UNICEF Município Aprovado faz parte do Pacto Nacional Um mundo para a criança e o adolescente do Semi-árido, uma iniciativa de solidariedade, cidadania e compromisso de todo o Brasil com o desenvolvimento dessa região. Castelo do Piauí está entre os municípios que mais se destacaram nesta área e em reconhecimentos nas edições 2006, 2008 e 2012.
Os principais avanços observados em Castelo do Piauí são referentes à diminuição da taxa de mortalidade infantil, aumento do acesso de mulheres grávidas ao pré-natal, com destaque para a diminuição da desnutrição de crianças menores de 2 anos.

Em 2007, a desnutrição infantil no município de Castelo do Piauí era de 3,7%. Em 2011 esse percentual baixou para 1,4%. A queda da mortalidade infantil foi três vezes maior do que nos demais municípios brasileiros. Em 2007, 10 crianças morreram antes de completar 1 ano de idade, a taxa era de 24,51. Em 2011 o número baixou para 4 crianças, uma redução superior a 50%. Atualmente a taxa de mortalidade infantil é de 11,76.

Em 2007, o percentual de mulheres que realizaram ao menos sete consultas de pré-natal passou de 45,6% para 49,71% em 2011. Outro indicador que melhorou bastante foi o número de crianças com aleitamento materno até os 4 meses de vida. Em 2007 eram 67,9%, subiu para 73.54%.

No Município o número de crianças vacinadas contra hepatite B foi superior a 100%, além disso, todos os óbitos infantis e em mulheres de 10 a 49 anos de idade foram investigados. A redução de óbitos por causas mal definidas baixou de 6,0 (2007) para 0% em 2011.

image

Isabela Melo, filha da Articuladora Raimundinha Melo, representou as crianças de Castelo do Piauí.

Graças aos trabalhos educativos das equipes do PSF e ACS, bem como do trabalho educativo realizado nas escolas municipais, a gravidez na adolescência baixou de 32,4% para 28%. Atualmente o Programa Saúde da Família tem cobertura total da área do Município (100%).

Na educação municipal houve progressos no aumento do número de crianças frequentando as escolas. . A universalização nesta faixa etária (4 aos 14 anos) é de 96,8%. O Programa Selo UNICEF destacou avanços em todos os aspectos, desde o acesso até a qualidade da educação. As melhorias beneficiaram a educandos e educadores. Em 2001, eram apenas 119 professores de classe A e apenas 1 professor classe B. Até aquele ano não havia professores especialistas(classe C) na Rede Municipal. Em 2011, o resultado é bem diferente. Segundo dados da Secretaria Municipal de Educação 8% (15) são professores de classe A, nível médio, 72%(105) dos professores são classe B, nível superior e 22% são de classe C(46), especialistas.

Os resultados levantados pelo Selo apontam que 100% das escolas de Castelo atingiram ou ultrapassaram a meta do IDEB nos anos iniciais. A redução do abandono escolar caiu de 1.40 para 0.30 e a distorção de idade nos anos finais do Ensino Fundamental baixou de 48.10 para 36.50.

Na Assistência Social também houve melhorias significativas. O percentual de crianças beneficiadas pelo BPC que estão na escola subiu de 13.73 (2007) para 50% (2011). O índice de gestão descentralizada subiu de 0.764 para 0,910 e a taxa de cobertura de CRAS subiu de 60.26 para 111.98.

Além desses avanços, a metodologia do Selo UNICEF tem tornado possível avaliar a qualidade das políticas públicas desenvolvidas no município, ajudando o poder local no monitoramento de suas próprias ações, e, assim, melhorar a disponibilidade, cobertura e o funcionamento dos serviços voltados à criança e ao adolescente, afirma a articuladora Raimunda Alves Melo.

Reportagem: Raimunda A. Melo | Fotos: Desterro Barros | Edição: Basílio Soares

DSC02774Com o objetivo de ajudar os estudantes piauienses a conseguir alcançar as metas educacionais estabelecidas para o nosso Estado, a Secretaria Estadual de Educação – SEDUC, lançou em 2011 a Prova SAEPI.

A avaliação do Piauí seguiu a mesma matriz do Sistema de Avaliação do Ensino do Brasil – SAEB. Segundo o Secretário Estadual de Educação Átila Lira, o objetivo, além de avaliar a qualidade do ensino, foi fornecer subsídios para a correção de políticas educacionais e autonomia da escola para desenvolver uma cultura de avaliação que envolva toda a comunidade escolar.

atila-lira

Secretário de Estado da Educação do Piauí, Átila Lira

Nesse sentido, o secretário Átila Lira espera que os instrumentos de avaliação ajudem as escolas piauienses a atingir os indicadores e metas educacionais estabelecidos para o nosso Estado. “O indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e médias de desempenho nas avaliações do Prova Brasil e do SAEB”, diz.

Em Castelo do Piauí, 11(ONZE) escolas do 5º ano e 3(TRÊS) do 9º ano realizaram as avaliações de Língua Portuguesa e Matemática. A análise da avaliação aponta que o município está no caminho certo, vejamos.

SAM_0264

Alunas da Unidade Escolar Francisco Luiz de Souza, exibindo suas medalhas pelos excelentes resultados alcançados.

ANÁLISE DA AVALIAÇÃO DO 9º ANO – LÍNGUA PORTUGUESA

Proeficiência Média do Estado do Piauí—————————–221,62

Média das Escolas Municipais do Estado—————————-216,44

Média das Escolas Estaduais da 5ª GRE—————————–234,58

Média das Escolas Municipais da 5ª GRE—————————-218,99

Média das Escolas Estaduais de Castelo do Piauí——————-227,43

Média das Escolas Municipais de Castelo do Piauí————–242,94

U.E. Francisco Luís de Sousa——————————————-255,55

U.E. Professora Osmarina———————————————- 242,32

U.E. Hilda Cardoso Vieira———————————————–234,93

O resultado de Castelo do Piauí é muito superior a todos os resultados a nível de Estado e municípios da 5ª GRE. Surpreendente, todas as escolas avaliadas estão acima da média.

DSC_2898

Secretária Municipal de Educação, Ivanildes Cardoso.

ANÁLISE DA AVALIAÇÃO DO 9º ANO – MATEMÁTICA

Proeficiência Média do Estado do Piauí—————————–232,45

Média das Escolas Municipais do Estado—————————-229,22

Média das Escolas Estaduais da 5ª GRE—————————–245,29

Média das Escolas Municipais da 5ª GRE—————————-231,67

Média das Escolas Estaduais de Castelo do Piauí——————-241,47

Média das Escolas Municipais de Castelo do Piauí————–261,43

U.E. Francisco Luís de Sousa—————————————–278,25

U.E. Professora Osmarina——————————————– 262,37

U.E. Hilda Cardoso Vieira——————————————–248,7

O resultado de Castelo do Piauí é muito superior a todos os resultados a nível de Estado e municípios da 5ª GRE. Surpreendente, todas as escolas avaliadas estão acima da média.

ANÁLISE DA AVALIAÇÃO DO 5º ANO – LÍNGUA PORTUGUESA

Proeficiência Média do Estado do Piauí—————————–170,22

Média das Escolas Municipais do Estado—————————-163,38

Média das Escolas Estaduais da 5ª GRE——————————172,04

Média das Escolas Municipais da 5ª GRE—————————-163,49

Média das Escolas Estaduais de Castelo do Piauí——————-182,31

Média das Escolas Municipais de Castelo do Piauí—————174,19

U.E. Joaquim Balbino Mineiro——————————————209,78

U.E.João Soares de Brito————————————————-209,27

U.E. Abílio Pedreiras Veras Filho—————————————191,12

U.E. Vereador Waldemar Salles—————————————-189,7

U.E. Tânia Maria Alves de Abreu—————————————184,16

U.E. Professor Vicente Soares——————————————-180,82

U.E. Hilda Cardoso Vieira———————————————–173,08

U.E. Francisco Luís de Sousa——————————————-167,02

U.E. João Ferreira Lima————————————————–157,38

U.E. Humberto Lima—————————————————–157,28

U.E. Ângelo Francisco da Silva——————————————155,4

Com uma média de 174,19, as notas das escolas municipais é superior a média da 5ª GRE e do Estado do Piauí que são respectivamente, 170,22 e 172, 04.

ANÁLISE DA AVALIAÇÃO DO 5º ANO – MATEMÁTICA

Proeficiência Média do Estado do Piauí—————————–186,24

Média das Escolas Municipais do Estado—————————-178,7

Média das Escolas Estaduais da 5ª GRE——————————186,65

Média das Escolas Municipais da 5ª GRE—————————-180,07

Média das Escolas Estaduais de Castelo do Piauí——————-191,44

Média das Escolas Municipais de Castelo do Piauí—————194,28

U.E. Joaquim Balbino Mineiro——————————————225,07

U.E. Francisco Luís de Sousa——————————————-223,45

U.E.João Soares de Brito————————————————-219,07

U.E. Vereador Waldemar Salles—————————————-204,51

U.E. Professor Vicente Soares——————————————-203,49

U.E. Abílio Pedreiras Veras Filho—————————————200,74

U.E. Hilda Cardoso Vieira———————————————–189,87

U.E. Humberto Lima—————————————————–185,87

U.E. João Ferreira Lima————————————————–185,87

U.E. Tânia Maria Alves de Abreu—————————————182,04

U.E. Ângelo Francisco da Silva——————————————180,91

Com uma média de 194,28, as notas das escolas municipais é superior a média da 5ª GRE e do Estado do Piauí que são respectivamente, 178,7 e 186,24.

A Professora Raimundinha Melo revela o segredo das melhores escolas:

Segundo Raimundinha, os resultados são frutos da aplicação de um conjunto de ações já consagradas. Entre elas: a padronização de conteúdo, a avaliação constante, a capacitação dos professores, a valorização da gestão e, por último e não menos importante, a participação da família. A parceria da SEMEC com o Instituto Ayrton Senna trouxe resultados muito importantes para o Município. Além de ampliar consideravelmente a taxa de aprovação de 69,7% em 2005 para 94% em 2011, os números mostram grandes avanços na redução de distorção da idade-série e abandono escolar.

fotos brasilia 2 014

Coordenadora de Programas e Projetos da SEMEC, Raimunda Alves Melo.

Conhecendo os resultados da Rede Municipal:

Evasão escolar: no Ensino Fundamental, o índice de evasão escolar de Castelo do Piauí é de 0,2- no Brasil, é de 9,4%.

Distorção idade-série: apenas 16% dos alunos do 5º ano estão acima da idade adequada (No Brasil, 29,4% dos alunos apresentam essa distorção).

Formação inicial: 72% dos docentes do ensino fundamental de Castelo do têm ensino superior e 22% são especialistas, enquanto quase 30% dos professores brasileiros nem sequer possuem curso de graduação.

Formação continuada: todos os professores da cidade participam de programas de formação continuada.

Gestão Escolar Eficiente:clip_image001clip_image002Motivar a equipe e enfatizar o trabalho coletivo. "Ninguém faz nada sozinho. Foi um trabalho de equipe mesmo, com enfoque especial à alfabetização". A ênfase no trabalho em equipe deu resultado. Os professores estão mais atuantes; as famílias, participativas. (Raimundinha Melo).

Fonte: SEMEC/Raimundinha Melo | Fotos: Publicação | Edição: Basílio Soares

O MEC (Ministério da Educação) divulgou nesta terça-feira (14) os resultados do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) de 2011.

A escola da rede municipal de ensino Unidade Escolar Francisco Luiz De Sousa, da Localidade Açude da Mão Cortada, Zona Rural de Castelo do Piauí destacou-se em 8º lugar no ranking dos melhores colégios públicos do Piauí, segundo os dados do Ideb 2011, dividindo a posição com a Unidade Escolar Sabino Gomes de Lima, do município de Vila Nova do Piauí, ambas com índice 5,4.

O Ideb é um indicador de qualidade educacional que combina informações de desempenho em exames padronizados (Prova Brasil ou Saeb) – obtido pelos estudantes ao final das etapas de ensino (4ª e 8ª séries do ensino fundamental e 3ª série do ensino médio) com informações sobre rendimento escolar (aprovação).

 

MELHORES ESCOLAS PÚBLICAS DE 1º A 4º ANOS DO PIAUÍ

MUNICÍPIO

NOME DA ESCOLA

REDE

IDEB 2011

TERESINA

ESCOLA MUNICIPAL BOM PRINCIPIO

Municipal

7,7

TERESINA

CENTRO ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DE TEMPO INTEGRAL PROFESSOR RALDIR CAVALCANTE BASTOS

Estadual

6,9

TERESINA

ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA THEREZA NORONHA

Municipal

6,6

OEIRAS

ESC MUL LOURENCO BARBOSA CASTELO BRANCO

Municipal

6,4

PIRACURUCA

UNIDADE ESCOLAR PATRONATO IRMAOS DANTAS

Estadual

6,4

TERESINA

ESCOLA MUNICIPAL ESTHER COUTO

Municipal

6,4

TERESINA

ESCOLA MUNICIPAL CONSELHEIRO SARAIVA

Municipal

6,4

TERESINA

ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DA PAZ INICIAL

Municipal

6,4

FLORIANO

ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO WAQUIM

Municipal

6,2

SAO JOAO DO PIAUI

UNID ESC GENEZIA ARRAES

Municipal

6,2

TERESINA

ESCOLA MUNICIPAL JOSE AUTO DE ABREU

Municipal

6,2

TERESINA

ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR JOAO PORFIRIO DE LIMA CORDAO

Municipal

6,2

Fonte: MEC/Inep

 

MELHORES ESCOLAS PÚBLICAS DE 5º A 9º ANOS DO PIAUÍ

MUNICÍPIO

NOME DA ESCOLA

REDE

IDEB 2011

PIRACURUCA

UNIDADE ESCOLAR PATRONATO IRMAOS DANTAS

Estadual

6,2

PIRIPIRI

UNIDADE ESCOLAR JOSE NARCISO DA ROCHA FILHO

Estadual

6,1

SANTA FILOMENA

EDUC S JOSE DA ACAO SOCIAL DIV C JESUS

Estadual

5,6

CABECEIRAS DO PIAUÍ

UNID ESC MARIA DE JESUS C ROCHA

Municipal

5,5

FLORIANO

ESC MUN GETULIO VARGAS

Municipal

5,5

TERESINA

ESCOLA MUNICIPAL SIMOES FILHO

Municipal

5,5

TERESINA

CEFTI PROFESSOR DARCY ARAUJO

Estadual

5,5

CASTELO DO PIAUÍ

UNID ESC FRANCISCO LUIZ DE SOUSA

Municipal

5,4

VILA NOVA DO PIAUÍ

UNID ESC SABINO GOMES DE LIMA

Municipal

5,4

CAMPO MAIOR

UNID ESC PATRONATO N S DE LOURDES

Estadual

5,3

FLORIANO

ESC MUM PROFESSOR ELEUTERIO REZENDE

Municipal

5,3

MONSENHOR HIPOLITO

UNIDADE ESCOLAR MUNICIPAL PADRE CICERO ROMAO BATISTA

Municipal

5,3

TERESINA

ESCOLA MUNICIPAL PARQUE PIAUI

Municipal

5,3

TERESINA

ESCOLA MUNICIPAL BARJAS NEGRI

Municipal

5,3

Fonte: MEC/Inep

 

Fonte: PortalCDP.com | Edição: Basílio Soares

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.